top of page

Autor de chacina com 7 mortos se entrega à polícia em bairro de Sinop


Foto: Rádio Master

Equipes da Delegacia de Homicídio de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) prenderam na manhã desta quinta-feira (23), Edgar Ricardo de Oliveira, 30. Ele é um dos autores da chacina que deixou 7 mortos em um bar da cidade na terça-feira (21). O comparsa do crime, Ezequias Souza Ribeiro, 27, morreu em confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope) na quarta-feira (22).


Advogado de Edgar, Marcos Vinícius Borges, saiu por volta das 8h15 da porta da delegacia, acompanhado pela equipe policial e também da imprensa – uma das exigências feitas para que o suspeito se entregasse de forma ‘pacífica’ e também para ‘resguardar a integridade física dele’.


À imprensa, o advogado afirmou que a polícia respeitou todas as garantias. "Ele se demonstra arrependido. Ainda não entramos no mérito, mas ele vai prestar depoimento sobre os fatos", disse Borges, afirmando que o caso 'é típico de tribunal de júri'.


Ele estava em uma casa na região do bairro Jardim Califórnia. Foi algemado e está sendo encaminhado para a delegacia, onde será autuado pelas 7 mortes.


O crime

Segundo apurado pela reportagem do , Edgar e Ezequias estavam jogando sinuca com as vítimas e perderam uma quantidade expressiva em dinheiro, cerca de R$ 4 mil. O grupo de homens começou a zombar dos ‘perdedores’, que chegaram a ir embora do local.


Porém, minutos depois, a dupla voltou em posse de uma pistola 380 e uma espingarda calibre 12. Imagens da câmera de segurança mostram o momento que Ezequias manda as vítimas ficarem contra a parede, ele segura a pistola.


Ainda na rua, Edgar organiza algumas coisas na caminhonete – uma Chevrolet S10 que é dele – e tira do banco traseiro a espingarda. Em seguida, ele se junta ao comparsa e mata as vítimas. Depois do crime, eles fogem levando o dinheiro da aposta que estava na mesa de sinuca.


Segurança Pública pede ainda que a população ajude na localização dos suspeitos, por meio de denúncia anônimas nos canais 190 e 197.


Vítimas

Do total, 6 são homens e uma mulher, sendo ela a pequena Larissa Frazão de Almeida, de 12 anos. Ela é filha de Getúlio Rodrigues Frazão Júnior, de 36 anos.


Morreram ainda, Adriano Balbinote, 46; Orisberto Pereira Souza, 38; Josué Ramos Tenório, 48; Maciel Bruno de Andrade Costa, 35 e Elizeu Santos da Silva, 47.


Fonte da Notícia: Gazeta Digital

Commenti


bottom of page