top of page

Bens declarados por candidatos de Tangará da Serra variam de R$ 0 a R$ 27,7 milhões


Os 15 candidatos a deputado estadual e deputado federal, com pedidos de candidaturas registrados junto Tribunal Regional Eleitoral (TRE), e que possuem colégio eleitoral em Tangará da Serra (5Federal e 10 Estadual), declararam à Justiça patrimônios que vão de R$ 0 (nenhum bem declarado) a R$ 27,7 milhões.


O patrimônio mais alto declarado é do candidato a Deputado Estadual Reck Junior, com R$ 27.715.380,77 total em bens.


Já os candidatos a Deputado Estadual, José Amadeu, e a Federal, Wagner Ramos, não tem nenhum bem cadastrado.


Confira os bens declarados pelos candidatos a Deputado Federal de Tangará da Serra:

A advogada Karen Rocha, candidata a Deputada Federal pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), declarou possuir R$ 6.700.444,45 em bens, desses, quotas ou quinhões de capital, depósito bancário, veículo, dinheiro em espécie, terrenos, casa e outros.


O vice-prefeito Marcos Scolari, candidato a Deputado Federal pelo Partido Liberal (PL) declarou R$ 382.778,88, sendo quotas ou quinhões de capital e outros bens imóveis.


A Professora Francisca Chiquinha, candidata a Deputada Federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT), declarou o total de R$ 358.325,23 em bens – casa, cadernetas de poupança, veículos e depósito bancário.


A Professora Josenai Terra, candidata a Deputada Federal pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) declarou possuir R$ 40.005,57, oriundo de veículo e outros bens e direitos.


O ex-deputado Wagner Ramos, candidato a Deputado Federal pelo partido União Brasil, não tem nenhum bem cadastrado.


Bens declarados pelos candidatos a Deputado Estadual:

O vereador Davi Oliveira, candidato a Deputado Estadual pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), declarou ter R$ 123.002,24, de veículo, dinheiro em espécie e outras aplicações e investimentos.


O deputado estadual Dr. João, candidato a reeleição pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), declarou R$ 290.511,15, oriundos de depósitos bancários, quotas ou quinhões de capital, caderneta de poupança e outros bens imóveis.


O empresário Edilson Sampaio, candidato a Deputado Estadual pelo Republicanos, declarou o total de R$ 470.215,57 em bens, de aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros), veículos, quotas ou quinhões de capital e casa.


A vereadora Elaine Antunes, candidata a Deputada Estadual pelo Podemos, declarou possuir R$ 145.000,00 em bens, de veículo automotor terrestre.


O produtor agropecuário José Amadeu, candidato a Deputado Estadual pelo Democracia Cristã (DC), não tem nenhum bem cadastrado.


O vereador Professor Sebastian, candidato a Deputado Estadual pelo Cidadania, tem R$ 155.000,00 em bens, de uma casa e veículo.


A ex-vereadora Professora Vânia Trettel, candidata a Deputada Estadual pelo Partido Liberal (PL), registrou R$ 25.000,00 em bens, de quotas ou quinhões de capital.


O produtor rural Reck Junior, candidato a Deputado Estadual pelo Partido Social Democrático (PSD), declarou R$ 27.715.380,77 em bens, oriundos de diversos veículos, quotas ou quinhões de capital, crédito decorrente de empréstimo, outras participações societárias, outros bens imóveis, aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros), depósito bancário e outros bens e direitos.


O vereador Rogério Silva, candidato a Deputado Estadual pelo União Brasil, declarou R$ 263.000,00 em bens, de terreno, construção, veículo automotor terrestre e casa.


O engenheiro Rui Wolfart, candidato a Deputado Estadual pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), declarou o total de R$ 119.409,13 em bens, de terrenos e veículos.


Fonte: Diário da Serra



Comments


bottom of page