top of page

Confundido com membro do PCC, homem é alvo de tiros, mas escapa da morte

Um homem de 19 anos foi alvejado na madrugada da última terça-feira (21), em Tangará da Serra. Ele teria sido confundido como integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).


Consta no boletim de ocorrência que a Polícia Militar foi acionada para atender uma tentativa de homicídio, ocorrida às margens da MT-358, próximo a um frigorífico. O registro da ocorrência narra que, ao lado do pátio do frigorífico há uma chácara arrendada para uma empresa de artefatos de cimento.


A vítima estava morando na casa e trabalhando no local e alguns indivíduos passaram a frequentar a casa. Na residência havia, segundo informações da Polícia, consumo de maconha. A própria vítima relatou que já vendeu drogas, mas no momento está ‘limpo’.


Antes da tentativa de homicídio, pessoas afirmaram que a vítima seria faccionada pelo PCC. Consta ainda que ele negou ter ligação com o grupo criminoso.


A vítima detalhou ainda que depois estava dormindo, quando escutou o barulhos na porta dos fundos e uma voz de homem afirmando que era da polícia. Suspeitos então entraram e começaram a atirar na direção da vítima.


O rapaz disse que neste momento conseguiu arrombar a janela do quarto e correu para o quintal, pulou uma cerca de arame farpado e alcançou o pátio do frigorífico, conseguindo se abrigar na sala de comandos, atraindo a atenção das testemunhas, que pediram auxílio da Polícia Militar.


A vítima, atingida por um tiro na perna, precisou de atendimento médico, sendo encaminhada ao Hospital Municipal. A tentativa de homicídio é investigada pela Polícia Civil.


Fonte da Notícia: RD News

Comments


bottom of page