top of page

Discussão por ciúmes levou à facada que matou servidor do Samae, afirma suspeita em depoimento


O delegado Adil Pinheiro, da Polícia Civil de Tangará da Serra, informou que o inquérito que investiga a morte do servidor público Reinaldo Piana, o Branco, de será concluído em até 30 dias e encaminhado para o Fórum.

A suspeita se apresentou na Delegacia nesta terça-feira (15), acompanhada de um advogado de defesa. "A Polícia Civil já estava em tratativas com a defesa para essa apresentação. Ela se apresentou, prestou depoimento, foi interrogada. Ela alega que os dois estavam ingerindo bebida alcoólica, os dois já estavam em avançado estado de embriaguez, quando começou uma discussão motivada por ciúmes", conta o delegado.

O nome da mulher não foi revelado pela polícia.

A acusada relatou ao delegado que a discussão evoluiu para agressão mútua. "A suspeita conta que não se lembra como atingiu a vítima", relata Adil Pinheiro.

O golpe de faca desferido pela mulher acertou a coxa do homem, atingindo uma importante veia da perna, fazendo com que ele perdesse muito sangue e fosse a óbito muito rápido. "Resta perícias para serem juntadas nos autos, estamos ouvindo ainda algumas testemunhas, por enquanto a acusada responde o inquérito policial em liberdade, devido a não estar em situação de flagrante", disse.

Comments


bottom of page