top of page

Homem de 27 anos matou idosos por dívida e escondeu corpos em poço; ele foi preso


Um homem de 27 anos foi preso pela Polícia Civil e confessou ter matado e ocultado os corpos de um casal de idosos de Nova Bandeirantes (MT). Inácio Bispo, 83, e Almerinda Mota Bispo, 77, foram mortos com golpes de foice e faca enquanto assistiam TV. A motivação da morte seria uma suposta dívida.


Tharles Ramos dos Santos Silva foi preso em uma comunidade rural do mesmo município. Ele contou à polícia que discutiu com Inácio porque ele não havia pago o valor correto por serviços prestados no sítio do casal. Após a discussão ele foi até a casa onde morava, pegou uma foice e voltou à residência dos idosos, que estavam assistindo TV. Inácio foi golpeado no pescoço com a foice, enquanto a mulher foi morta a facadas.


Os corpos foram jogados no poço. Em seguida o assassino confesso limpou os vestígios de sangue da casa, montou em uma moto e foi para casa, onde permaneceu até a manhã seguinte. Após isso, ele escondeu as armas usadas no crime e fugiu de moto com uma arma de fogo.


Vizinhos, ao darem falta dos idosos, foram até a casa, encontraram portas abertas, luzes acesas e bezerros presos. No fundo da casa sentiram mal cheiro e viram moscas rondando o poço. Ao iluminarem visualizaram os corpos e acionaram a polícia.


A PJC iniciou investigação e chegou até o suspeito, que estava escondido em uma comunidade rural de Nova bandeirantes. Ele foi preso, confessou o crime e indicou o local em que escondeu as armas. Ele responderá pelos crimes de homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel e impossibilidade de defesa das vítimas, por ocultação de cadáver, furto e porte ilegal de arma de fogo.


Comentarios


bottom of page