top of page

Jovem é preso suspeito de matar travesti com chave de roda após programa

Rayane Gabrielle morreu após ser agredida com chave de roda — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um jovem foi preso suspeito de matar uma travesti com golpe de chave de roda após programa, em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu no dia 3 de novembro, em Águas Lindas de Goiás.



O g1 Goiás não conseguiu localizar a defesa do suspeito até a última atualização desta reportagem.



O delegado Vinícius Máximo, da Polícia Civil, informou que o caso aconteceu quando a vítima Rayane Gabrielle, de 23 anos, e uma outra amiga, realizavam programas sexuais e, no dia do fato, o investigado D.R.N., de 27 anos, juntamente com outro homem, contrataram as duas profissionais.



Máximo disse que após terminarem o serviço, os homens se negaram a levar as mulheres novamente para o local em que elas estavam. Em seguida, os quatro começaram uma discussão e Rayane afirmou que elas iriam embora a pé, mas que ela contaria todo o ocorrido para as esposas dos jovens, já que as conhecia.



Neste momento, os suspeitos foram em direção as vítimas, mas conseguiram alcançar apenas Rayane. Os dois agrediram ela violentamente com uma chave de roda. A outra mulher conseguiu fugir.



Na época, a vítima havia sido socorrida e encaminhada para um hospital local em estado grave. Devido a gravidade do caso, a travesti foi levada para um hospital de Goiânia, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.



O suspeito foi preso no sábado (9). O delegado informou que ele tem passagem por roubo. O homem que ajudou o suspeito a cometer o crime, está foragido. A Polícia Civil está investigando o caso.

Fonte: Araguaia notícia

Comments


bottom of page