top of page

Menor é assassinado e tem corpo enterrado em matagal


Um dos criminosos confessou ser integrante do CV e disse que Mikael Alexandre foi assassinado por pertencer a facção criminosa rival PCC


O corpo de Mikael Alexandre, 17 anos, foi encontrado na manhã deste domingo (30) em uma área de mata no município de Barra do Bugres. A vítima havia sido sequestrada na última sexta-feira (28). Até o momento, quatro envolvidos no crime foram presos.


A Polícia Militar foi acionada, na última sexta-feira, por populares que informaram que havia um bandido tentando invadir a casa de moradores. No local, o bandido foi preso em flagrante.


Em checagem no sistema policial, foi constatado que o criminoso havia um mandado de prisão em aberto por um homicídio em Cuiabá.


Em seguida, ele confessou outro crime, que havia participado do sequestro de Mikael, que já estava sendo procurado pelas forças de segurança.


Ele apontou uma casa onde os comparsas que participaram do crime estavam. No local foram efetuadas mais três prisões.


Por fim, eles levaram os policias para uma área de mata e mostraram aonde haviam deixado o corpo de Mikael. O cadáver estava enterrado em uma cova rasa e com várias marcas de tiros.


Um dos criminosos disse que o quarteto é integrante do Comando Vermelho e mataram Mikael já que ele seria integrante da facção rival Primeiro Comando da Capital (PCC).


O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

A Polícia Civil segue com as investigações.

Fonte:Repórter MT

Comments


bottom of page