top of page

Motorista de App pode ter dado apoio aos assassinos de menor em Tangará da Serra


Motorista de aplicativo de 43 anos está sendo investigado pela Polícia Civil, por ter ajudado no transporte dos criminosos envolvidos na morte de Eduardo Sales Couto, 16, em Tangará da Serra. Corpo da vítima foi encontrado no início d anoite de terça-feira (31), em uma região de mata do Jardim dos Ipês.


Conforme as informações, polícia recebeu informações de que o motorista forneceu o transporte aos suspeitos. Ele foi localizado e contou á polícia que trocou há poucos dias as capas dos bancos e o carpete do carro.


Tapeçaria onde a troca aconteceu foi identificada. Diante da suspeita, celular dele foi apreendido e será analisado pela Polícia Civil.


Corpo encontrado

Na terça, polícia recebeu uma denúncia de que um rapaz foi morto no bairro Jardim dos Ipês, em um local conhecido como ‘inferninho’.


Denúncia ainda narrava que um dos autores seria P.R.C.S., 17, apreendido no começo da tarde após fugir do Fórum de Tangará, enquanto esperava para uma audiência de custódia no dia 19 de janeiro.


Ele foi pego após torturar uma menor e cortar a língua dela. Com a fuga, teria cometido o crime de homicídio contra Eduardo. Ele foi localizado e apreendido novamente.


O suspeito confirmou a participação no crime que vitimou Eduardo e apontou onde o corpo estava. Polícia foi até o local e encontrou do cadáver, já em estágio avançado de decomposição, em uma cova rasa.


Corpo de Eduardo tinha sinais de violência, como perfurações de arma branca. Ele foi autuado e entregue à Justiça.


Fonte da Notícia: Gazeta Digital

Комментарии


bottom of page