top of page

Município aguarda Ordem de Serviço para início da construção do Centro de Socioeducativo em Tangará


No dia 31 de janeiro do ano passado a Prefeitura de Tangará da Serra realizou uma audiência pública para tratar da implantação do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) no município.


Um ano depois a situação segue a mesma, o que motivou o vereador Professor Sebastian (Cidadania) a se reunir com o novo Secretário de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso, Coronel PM César Augusto de Camargo Roveri.


“Acompanho esse assunto há alguns anos e já tive esse ano uma reunião com o novo secretário de Segurança Pública de Mato Grosso, Coronel César Roveri, levando várias demandas e uma foi essa ligada ao Socioeducativo”, relata o parlamentar, ao destacar que o Município aguarda a emissão da chamada Ordem de Serviço pelo Governo do Estado para o início das obras de construção da unidade.


“O Município já cumpriu com sua responsabilidade de fazer a doação do terreno ao Governo do Estado. O prefeito Vander Masson já fez essa articulação, já enviou o projeto para a Câmara e a Lei já existe. Isso tudo já foi resolvido e feito a transferência para o Governo do Estado, a escritura, o único item que falta, neste exato momento, é a Ordem do Serviço para a obra iniciar”,

afirma.


O projeto autorizando a doação de área para construção da unidade, às margens da rodovia MT-358, foi aprovado em dezembro de 2021.


“Realmente uma história muito comprida, que envolve muitos capítulos, mas neste momento falta somente a Ordem de Serviço”,

reitera, ao afirmar que foi cobrar do Estado para que o documento seja emitido urgentemente, para o bem das políticas públicas do adolescente e para o bem do bom trabalho do Judiciário e da Segurança Pública.


“O adolescente é apreendido pela Polícia Militar, é levado a autoridade da Polícia Civil, e o delegado solicita ao Poder Judiciário para que seja feita o encaminhamento desse adolescente a uma unidade socioeducativa, que é o Poder Judiciário que despacha essa decisão. E ai, infelizmente, nem sempre pode ser cumprida a decisão, porque não tem para onde mandar. E a minha tentativa, ao longo dos anos, é para que todos os servidores públicos envolvidos nesta causa, a sociedade que espera uma resposta sobre este assunto, seja resolvido o quanto antes”,

finaliza.


Ao vereador, o novo secretário se comprometeu a dar celeridade ao assunto, uma vez que já existe a empresa que será responsável pela construção da unidade: a mesma que está trabalhando na construção de outras unidades no Estado.


Fonte da Notícia: Diário da Serra

コメント


bottom of page