top of page

Os pescadores faz protesto contra a lei que proíbe o transporte e armazenamento de peixe



Nesta manhã de sexta feira(23) pescadores da região de Barra do Bugres e de todo Mato Grosso estão fazendo protesto contra a lei n 12197/2023 conhecida como transporte zero,proíbe,pelo período de cinco anos,o transporte, comércio e armazenamento de peixes dos rios estaduais.


A lei entrou em vigor a partir do dia 1° de janeiro de 2024,com o objetivo de combater a pesca predatória nos rios do Estado.Os pescadores argumentam que a proibição do transporte de peixes irá prejudicar sua fonte de renda e sustento, além de afetar diretamente a economia local.


Eles pedem que o governo reveja a lei e encontre alternativas para combater a pesca predatória sem afetar diretamente a vida dos pescadores. O protesto está sendo realizado de forma pacífica, mas com muita determinação por parte dos manifestantes.


Enquanto isso, as autoridades estaduais afirmam que a medida é necessária para garantir a preservação dos recursos naturais e a sustentabilidade da pesca nos rios do Estado. O impasse entre os pescadores e o governo promete ser longo e complexo, com ambos os lados buscando defender seus interesses e pontos de vista.


A comunidade local aguarda ansiosa por uma solução que atenda às necessidades de todos os envolvidos.

Os protesto aconteceu em Cáceres, Várzea Grande por poucas horas na manhã e em Barra do Bugres até o meio dia desta sexta-feira (22)

Comments


bottom of page