top of page

Vídeo mostra jovem de 20 anos sendo morta a facadas pelo ex no meio da rua e na frente do filho


A jovem Emily Bispo da Cruz, de 20 anos, foi morta a facadas no meio da rua, na frente do filho de 4 anos, na manhã desta quinta-feira (16), no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Imagens de uma câmera de segurança mostram a ação do autor do feminicídio, que é seu ex-namorado da vítima e está foragido.


O assassino, identificado como Antonio Aluizio da Conceição, de 20 anos, está foragido. Ele havia pedido demissão da empresa em que trabalhava aparentemente com o objetivo de cometer o assassinato da ex. Ele não aceitava o fim do relacionamento.


As imagens mostram ele chegando de moto, abordando Emily e em seguinda desferindo os golpes de faca contra ela. O menino pequeno observa tudo. Outras pessoas que passam pelo local veem a ação e um deles ainda tenta acertar um chute no homicida que foge de moto.


A jovem chegou a ser socorrida por testemunhas e levada para à Policlínica do Pedra 90, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos e foi a óbito. Emily era designer de sobrancelha e deixa um filho.


Amigos da vítima contaram que ela estava levando o filho na escola quando foi assassinada.


"Quando eu saí no portão de casa eu vi ela sentada na calçada toda ensanguentada da cabeça aos pés. Nessa hora, corri para perto dela e avistei que tinha muito perfuração no peito, na barriga na costela dela", contou uma testemunha.

Ameaças

Segundo uma amiga de Emily, que não quis ter a identidade divulgada, o casal teve um relacionamento de cerca de um ano e, desde o início, Antônio demonstrava sinais de agressividade.


"Ele já demonstrou sinal de ser uma pessoa muito agressiva, porém ela gostava dele, então acabou se apegando. Era um relacionamento de idas e vindas e, toda vez que eles voltavam, a situação piorava mais um pouco", disse.

Emily tinha medo de denunciar o companheiro devido às ameaças de morte que recebia e, também temia a vida do filho, segundo amigos.


"Ela tinha muito medo de denunciar e ele acabar ficando bravo e acontecer o que aconteceu hoje. Ela acabou que deixou acontecer os fatos por medo, porque ele ameaçava muito ela falando que ia matar o filho dela, matar ela", relatou.


Outra colega da vítima afirmou que Emily comentou recentemente que estava sendo ameaçada por Antônio.


O setor de segurança faz buscas a procura do suspeito.

Yorumlar


bottom of page